Imagem capa - Saiba Por que Fazer Making Of e Pegue 3 Dicas Para Torná-lo Mais Especial  por Marcos Bilate
Ideias para Casamento

Saiba Por que Fazer Making Of e Pegue 3 Dicas Para Torná-lo Mais Especial

Primeiro vamos a grande pergunta!


Por que fazer making of?

Ah... não precisa fazer as fotos d’eu me arrumando não... isso é besteira... pra que isso?

CALMA!!!

Deixa eu te contar que não é SÓ isso...

Vem comigo


Vou te confessar que há um tempo eu via o making of como sendo apenas umas fotos dos noivos se arrumando em lugares lindos, com aquelas mega produções e tal!!! Fazendas... lustres gigantes... escadas mirabolantes... São lindas, de fato, mas quer saber... hoje eu vejo as coisas diferente do que eu via antes. 

Eu acho que REALMENTE as fotos do making of  DEVEM fazer parte da história do seu casamento porque faz! E não é porque o seu casamento vai ser mais simples que você não deve fazer, muito pelo contrário! Tem tantas histórias bacanas acontecendo durante esse momento! Pode ser muito mais legal do que você imagina. E não se engane, porque o making of vai além de fazer fotos de roupas e acessórios.




Deixa eu te mostrar alguns exemplos que você vai começar a entender...



Essa é a Camila. Ela se arrumou no mesmo local onde ocorreu a festa. No quarto dela estava um vai e vem da família. Entra mãe, sai as irmãs, entra o pai, volta a irmã... eita...







Falando em pai... Esse foi o sorriso que ele deu a primeira vez que viu a Camila quase pronta antes do casamento. Aliás, esse foi o único sorriso que ele deu porque ele ficou tão nervoso durante toda a cerimônia que foi uma tarefa árdua ver os dentes desse rapaz novamente! Rs.




E a irmã mais nova? Se divertiu viu!

E a mamãe coruja/orgulhosa?





Como ela foi pra igreja? 


De carro. 

Com o carro dela.

Dirigido pelo pai. 

E no banco da frente!


Que diferentona? Simples? Humilde?

Sim!!!! Essa é a Camila na sua essência! (sacou?)




Vai dizer que esse making of não foi a cara dela? (veja a crônica do casamento inteiro aqui)

Ela prezou pela simplicidade. Os pais e as irmãs fizeram questão de viver o momento junto com ela! Olhe para as expressões! São verdadeiras! Até os lábios cerrados do pai antes de entrar no carro mostram o nervosismo que ele estava antes da cerimônia! Os sorrisos... As caretas... Essas são elas de verdade

Quanto irá valer essas imagens daqui a 30 ou 40 anos? Quando a Camila mostrar essas fotos para os seus netos e relembrar da emoção que eles viveram nesses momentos que antecediam a cerimônia? 

Obviamente tem aquelas mais tradicionais também mostrando os acessórios, maquiagem...





Mas qual dessas será que realmente terá mais valor? Pra não ter briga, façamos os dois :)



Outro exemplo

Délio e Ari resolveram se arrumar juntos! Olha que legal que ficou!







Claro que a família participou!







Ah, tem as mais clássicas também, né!










Mas falando em família participando... Olha essas aqui da Nat!

Acho que elas resolveram testar se a maquiagem era mesmo a prova d’água! Rs! Como conter as lágrimas nessa hora? Essa foto foi feita no momento que elas brindaram e tiveram alguns minutinhos para se entreolharem com calma no meio da confusão do dia.





Também teve bagunça no making of do Koren! Os padrinhos fizeram uma zona! Foi divertido.







E no final, como os noivos estavam se arrumando no quarto um acima do outro. Quase rolou um “first look” (não sabe o que é? então veja aqui).



Aqui vão algumas mais clássicas também só pra matar a curiosidade














Mas sabe, eu aprendi que as fotografias acabam ganhando valor de verdade com o passar do tempo. Entendi isso depois que perdi o meu pai (mas isso é papo para esse outro post; click aqui se ficou curiosa).

As pessoas infelizmente não são eternas. Você consegue calcular o valor que essa foto da Nat com a mãe vai ter pra ela daqui a alguns anos (muitos e muitos anos, espero)?

Pois é isso que eu busco na minha fotografia. Eu quero que ela converse com você! E no making of não é diferente. Faz parte da sua história! Por que não conta-la também?

Agora você entendeu por que eu disse que o making of era muito mais que fotos de roupas, maquiagens e cabelos? E na história que estou interessado! Claro que faço algumas dessas mais clássicas também, como você percebeu. Mas não é a tônica que eu busco!



Mas agora vamos parar de falar de mim e vamos ao que interessa! SIM... DICAS!!!!


Dicas:

Família, madrinhas e padrinhos

No dia do casamento é tudo uma grande loucura! Em geral, são muitos convidados. Alguns que você não via há anos. Muitas emoções, bagunça... e tudo passa muito, mas muito rápido! É impressionante! E as vezes, chega no final e você se dá conta de que acabou não dando atenção para um monte de gente, algumas muito importante para vocês! Não porque você quis, mas porque é quase impossível mesmo.

Uma sugestão é convidar algumas pessoas mais próximas (como seus pais, irmãs, madrinhas, padrinhos) para se arrumarem juntos com você. Isso pode ser uma experiência muito bacana para todos. Vai dizer que você não tem uma madrinha meio doidinha que te faz rir e te acalma nas situações mais esdruxulas? rs. Essa ideia funciona também para o noivo e os padrinhos. Por que não marcar numa barbearia gourmet bacana com todo mundo para já ir "aquecendo"?


Acessórios: 

Sim, eu disse que esse tipo de fotografia vai muito além de fotografias de acessórios, mas não disse que eles não eram importantes! rs! Mas a dica que eu quero dar aqui é que com alguma frequência vemos noivas (os) usando acessórios com significado muito importante! Seja uma aliança que foi da avó(ô), ou um pedaço do vestido, abotoaduras.... em fim... qualquer coisa que tenha um significado especial. Então a dica é: pelo amor de deus! COMUNIQUE ao seu fotógrafo quanto aqueles detalhes.

Um desses acessórios uma vez me fez (ainda faz) chorar feito criança. Foi um relicário que a Thamires fez com a foto da Avó do Bruno que falecera há poucos anos e que tinha um significado muito especial pra ele. Esse relicário foi uma surpresa que ela o entregou durante uma sessão de fotos de "first look" um pouco antes da cerimônia (não sabe o que é first look? Click aqui e saiba o que é e como foi essa história da Thamires. Ah, e separa um lenço)


Lugar:

É claro que um lugar bonito faz muita diferença no visual das suas fotos, mas se o lugar tiver uma conexão com vocês, ai é matador! Fica ainda mais legal porque traz significado às imagens... Traz uma carga emocional diferente. Como por exemplo se arrumar na casa dos pais junto com a família. Ou de alguém próximo (avós, padrinhos...). Isso pode ser uma experiência muito divertida! Ah, e a bagunça é quase uma garantia. rs







Ah Marcos, mas eu não tenho nada disso... Pare e Pense bem! Cada um tem a sua própria história. Tenho certeza que você tem coisas que você valoriza MUITO! Você só precisa conversar sobre isso com o seu fotógrafo e deixá-lo a vontade para incluir essas coisas nas suas fotos. Quando digo coisas, não necessariamente precisa ser um objeto. Pode ser um momento específico que você planejou, uma pessoa... enfim, algo que seja valoroso para você.




E ai, Curtiu? Então compartilha com suas amigas(os) que ainda estão em dúvida sobre making of! Você pode ajudá-los!




Vamos tomar um café e conversar mais sobre casamento?

Clique aqui



Se você curtiu esse conteúdo, se inscreva na minha lista de e-mail e receba outros materiais como esse. Ah, e não se preocupe. Não irei lotar a sua caixa de e-mail e nem enviar SPAM.

Inscreva-se na minha lista

* indicates required